Sobre a Rede Xis / Nave Sonora

Nave Sonora é um encontro virtual que marca a estreia da Rede Xis e contará com workshops gratuitos e apresentações musicais dos artistas selecionados

 

A fim de capacitar e promover o encontro de novos artistas da música com agentes de diferentes localidades e segmentos dentro do mercado musical, o projeto NAVE SONORA, uma iniciativa da recém inaugurada plataforma Rede Xis (XYS Music Network), realiza sua primeira edição de modo totalmente online entre os dias 13 e 16 de Abril, com inscrições gratuitas já liberadas - www.navesonora.com.br. Uma semana depois, nos dias 22 e 23 de Abril, o evento promove os showcases (filmes musicais) de seis artistas pré-selecionados.

 

Em um momento onde grande parte dos músicos e da cadeia musical está praticamente sem trabalho - uma vez que o mercado sobrevive expressivamente de shows realizados ao vivo -, a oportunidade de capacitação e geração de renda por meio de um evento online tem um significado moral que vai além de índices econômicos/financeiros. A NAVE SONORA é uma forma de fazer com que artistas iniciantes consigam manter seus trabalhos e profissionalizar-se independentemente do impacto negativo causado pela pandemia.
 

"A Nave Sonora é um evento de mentoria com workshops e apresentações musicais, mas que visa reunir mentores e artistas para mostrar como essas carreiras podem ser definidas - e um mês antes do evento, vamos colocar artistas e mentores juntos para desenvolver apresentações coletivamente", diz Flávio "Scubi" de Abreu, idealizador e produtor executivo do evento. 

 

"O evento foi pensando nesta situação de escassez no meio musical e sua ideia é oferecer aos artistas independentes mais ferramentas para gerir suas carreiras e metas profissionais, contando que toda equipe de produção está mais enxuta e com menos recursos neste sentido", completa Amanda Desmonts, coordenadora de produção e comunicação do projeto. 

 

"É muito importante que os mentores e os artistas possam trabalhar juntos não apenas em seus projetos, mas que possam trocar informações entre si para enriquecer suas apresentações", conclui o jornalista Alexandre Matias, coordenador editorial e curador do evento.

 

Os três integram o corpo de mentores do projeto, cada um estrategicamente localizado em suas respectivas áreas de experiência - Scubi (gestão de carreira), Matias (direção artística) e Amanda (produção de campo). Além deles, o quadro de mentores da NAVE SONORA se completa com Nancy Silva (produção executiva), Anna Turra (produção e direção de palco) e Nath Birkholz (comunicação). Cada um destes nomes acompanhará um artista em específico, orientando-os durante a montagem de seus projetos.

 

Ao longo de cinco semanas, seis artistas pré-indicados pela comissão de mentores desenvolverão um espetáculo audiovisual - showcase - que será exibido como seus respectivos projetos finais. Durante o período de um pouco mais de um mês, a comissão curadora realizará workshops específicos em suas áreas de experiência, utilizando como estudo de caso as atrações selecionadas, ao mesmo tempo em que acompanhará o desenvolvimento deste show e todas as características de pré-produção aí envolvidas. 

 

Sendo assim, a NAVE SONORA traz 6 workshops abertos ao público e 6 showcases destes novos e promissores nomes da música autoral nacional.

 

Yabba Tutti, MC do ABC paulista, fundadora do coletivo Guetto Mommys Posse, que visa a ascensão feminina e LGBTQIA+ dentro do reggae, ganhou no ano passado o concurso de novos talentos promovido pelo renomado sound system carioca Digitaldubs e tem os singles “Ouro e Diamante” e “É Nóis que Manda” circulando nas pistas. Mariana Zwarg, flautista, saxofonista, compositora e arranjadora, em 2020 lançou seu elogiado disco de estreia, “Nascentes”, com participações de Hermeto Pascoal e Itiberê Zwarg.

 

Malu Magri, cuja influência do samba, da bossa e de vertentes lationoamericanas reverberam no trabalho sensível e político apresentado no EP “De uma para Outra” (2020), abordando sexualidade, anseios e desejos. Jeffe, artista não binário que transita por estilos e funções, canta, compõe e performa seu Teatro Musical - tendo uma apresentação no Lincoln Center (NY), o musical “Dona Ivone Lara - Um Sorriso Negro” e o título de vencedor do Festival de Música de Fortaleza (2020) no currículo. 

 

Amanda Mittz é cantora e produtora musical.  Sua sonoridade é essencialmente pop com influência dos anos 80. Atualmente vivendo no Rio de Janeiro, Amanda está na fase de lançamento do seu álbum de estreia, Acesso (2020), projeto este que une pop e acessibilidade como linguagem e conceito. 1LUM3, projeto e persona de Luiza Soares, com produção musical de Liev, propôs no primeiro disco, “antinomia”, uma imersão em luzes, flashes e nuances sonoras, abrindo portas para o Trip-Hop nacional.

 

As atividades e apresentações contarão com tradução em libras e audiodescrição, a fim de valorizar a inclusão, a acessibilidade e a pluralidade de públicos dentro do NAVE SONORA. Posteriormente, o material captado receberá também tradução legendada para Inglês e Espanhol, ampliando as possibilidades de negócios entre os artistas e possíveis compradores - Festivais, Selos, Salas de Espetáculo, Curadores, Sync & Licensing, nacionais e internacionais.

 

Pandemia e a música em rede

 

NAVE SONORA é uma iniciativa da Rede Xis, que pretende se firmar como a maior plataforma de matchmaking do mercado da música no Brasil e, também, referência na indústria da economia criativa. Plataforma e evento nascem da larga experiência da Scubidu Music, produtora presente em mais de cem congressos, feiras e mercados culturais distribuídos em quatro continentes nos últimos 15 anos.

 

Quase um ano desde o início do isolamento social no Brasil devido à pandemia do novo Coronavírus, a Scubidu Music participou ativamente de diversos eventos que foram "digitalizados", isto é, projetos que ocorreriam de maneira presencial, mas que tiveram de ser adaptados para o ambiente virtual. 

 

Em um momento em que o ecossistema da música precisa estar em rede, a Rede Xis se compromete a ter um papel transformador. Sua primeira ação, a NAVE SONORA, quer estabelecer novos paradigmas para a apresentação de trabalhos artísticos, negociação nacional e internacional e resultados práticos em um evento totalmente digital e gratuito.  


 

NAVE SONORA

Um evento da Rede Xis


Acesso: https://www.redexis.com.br/ - totalmente online e gratuito


Programação:

 

13/Abril

14h00 - 15h30

Gestão de Carreira - com Flávio Scubi

Artista convidada: Mariana Zwarg

 

16h00 - 17h30

Produção Executiva - com Nancy Silva

Artista convidada: Amanda Mittz

 

14/Abril

14h00 - 15h30

Direção Artística - com Alexandre Matias

Artista convidada: 1LUM3

 

16h00 - 17h30

Produção de Set e Estrada - com Amanda Desmonts

Artista convidada: Malu Magri

 

15/Abril

14h00 - 15h30

Direção de Arte de Palco - com Anna Turra

Artista convidada: Jeffe

 

16h00 - 17h30

Assessoria de Comunicação com Nath Birkholz

Artista convidada: Yabba Tutti

 

16/Abril

14h00 - 15h30

Produção Técnica e Masterização - com Gabriel Spazziani

 

16h00 - 17h30

Distribuição Digital - com Mauricio Bussab e David Dines (Tratore)

 

Datas de estreia dos showcases (filmes musicais):

 

22/Abril

21h00 - Mariana Zwarg

21h45 - Malu Magri

22h30 - Jeffe

 

23/Abril

21h00 - Amanda Mittz

21h45 - Yabba Tutti

22h30 - 1LUM3

NAVE SONORA

Idealização e Produção executiva: Flavio de Abreu (Scubidu Music)

Comunicação e Produção: Amanda Desmonts (Raia na Música)

Coordenação Editorial e Curadoria: Alexandre Matias (Trabalho Sujo)

 

Mentores: Alexandre Matias, Amanda Desmonts, Anna Turra, David Dines, Flavio Scubi, Gabriel Spazziani, Mauricio Bussab, Nath Birkholz e Nancy Silva

Artistas Selecionados: Amanda Mittz, 1LUM3, Jeffe, Malu Magri, Mariana Zwarg e Yabba Tutti

Assessoria de Imprensa: Flora Miguel - flormiguel.assessoria@gmail.com

Redes Sociais: Natalia Mansur

Design: Tereza Bettinardi

Distribuidora Parceira: Tratore

O projeto é apresentado pelo Ministério do Turismo, Secretaria Especial da Cultura e Governo do Estado de São Paulo por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa com produção da Rede Xis (XYS Music Network)